Home » Instalações » Bauxita – Sulfato de alumínio – PR4783

Bauxita – Sulfato de alumínio – PR4783

Bauxita – Sulfato de alumínio – PR4783

Nosso cliente é uma grande empresa com 19 unidades fabris no Brasil. Produz minerais de alta qualidade para a produção de sais de alumínio e sais férricos, principalmente para o tratamento de águas e afluentes.

Bauxita e bauxita sinterizada

Dureza na escala de Mohs 9
Rocha argilosa de cores branco-cinza ou marrom-avermelhada, composta de combinações hidratadas de alumina, óxidos de ferro, sílica, etc.
Bauxita sinterizada. Pó de bauxita tratado termicamente em temperaturas muito altas.
Aplicações mais comuns: Sulfato de alumínio, tratamento de águas, sinterball, mineração e abrasivos.

Necessidade e Solução

O cliente deseja reduzir a granulometria do mineral.
A proposta de Verdés é incluir um moinho de martelos no processo.

Descrição do processo

 

O sulfato de aluminio e introduzido na planta através de Bags. Os Bags são descarregados em uma moega de alimentação que abastece o moinho de martelos, que recebe este material grosso e agregado.
O material é processado para quebrar os grumos existentes e dar melhor homogeneidade ao mineral.
Capacidade 5 t/h

Características

  • Material: Bauxita Sulfato de Alumínio
    Índice Hardgrove - 67 Hg
    Granulometria entrada máxima - 100% < 15 n/mm
    Umidade máxima entrada - 9%
    Produção estimada - 4 - 4,8 ton/h
    Granulometria de saída máxima - até 90% < 159 micra (#100)
    Umidade máxima de saída  3%
  • Moinho de Martelos 036
    Ventilador centrífugo
    Filtro de mangas
    Dosificador alveolar
    Tubulações com válvulas
    CCM - Centro Comando Motores

Verdés Máquinas e Instalações
Av. Tiradentes, 2600
Parque das Indústrias
CEP: 13.309-911
Itú | São Paulo | Brasil
+55 (11) 4024-8211
contato@verdes.com.br
dpo@verdes.com.br